ISO 45001: entenda o que é, quais são os benefícios e como se certificar

Você sabe o que é a norma internacional ISO 45001 e qual a importância dela para segurança e saúde na sua empresa?  Descubra neste artigo!

Índice de leitura:

  1. O que é a ISO 45001 e qual o seu objetivo? 
  2. O Sistema ISO 
  3. Quais são os benefícios da ISO 45001? 
  4. O que minha empresa precisa para garantir o sucesso da ISO 45001?
  5. ISO 45001 x OHSAS 18001 
  6. Como certificar minha empresa com a ISO 45001? 
  7. Qual a forma correta para exibir o meu certificado? 
  8. Qual o prazo limite de migração da OHSAS 18001 para a ISO 45001? 
  9. Como mostrar aos funcionários a importância do papel deles na execução da ISO 45001? 

O que é a ISO 45001 e qual o seu objetivo? 

A ISO 45001 é uma norma para o Sistema de Gestão de Saúde e Segurança Ocupacional, que tem como função otimizar as empresas em relação às questões de saúde e segurança do trabalho (SST). Você sabia que, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), mais de 7.600 pessoas morrem por dia devido a acidentes e doenças ocupacionais? E que acidentes e doenças não fatais relacionadas ao trabalho atingem aproximadamente 374 milhões de pessoas em todo o mundo?  

E foi para transformar essa realidade que a ISO 45001 surgiu! Com ela, as empresas e os funcionários podem agir conjuntamente para aumentar a segurança, a produtividade e o bem-estar no ambiente de trabalho.  

O documento, projetado pelo comitê ISO/PC 283, foi publicado integralmente em 2018, fornecendo um ordenamento normativo integral a fim de melhorar a segurança do trabalho e reduzir o índice de acidentes, lesões e doenças ocupacionais. 

O Sistema ISO 

Você já ouviu falar no sistema ISO? “ISO” é, na realidade, uma abreviação para Organização Internacional de Normalização (do inglês, International Organization for Standardization), uma instituição sediada em Genebra, na Suíça, responsável por padronizar internacionalmente normas técnicas e industriais fundamentais para o desenvolvimento a nível de excelência das empresas e das nações do mundo todo. No Brasil, é a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas -, a organização ISO responsável pela padronização das normas técnicas e procedimentos no país. Alguns dos principais padrões de gestão do sistema ISO são de: 

  • Qualidade; 
  • Meio Ambiente; 
  • Saúde e Segurança; 
  • Energia; 
  • Segurança Alimentar; 
  • Tecnologia da Informação (TI). 

Atualmente, a ISO possui 165 países membros. O mapa abaixo mostra todos os países membros (azul) ou que têm algum grau de relação com o sistema ISO (laranja e marrom), o que evidencia ainda mais a importância do sistema: 

Quais são os benefícios da ISO 45001? 

A implantação da ISO 45001 traz benefícios tanto para o trabalhador – que executa suas funções de forma mais segura e saudável, quanto para a empresa – que aumenta sua produtividade, credibilidade e lucratividade. Confira, a seguir, uma lista que conta com os principais benefícios de se implantar a ISO 45001: 

  • Maior valorização não só da saúde física, mas também da saúde mental e emocional dos funcionários; 
  • Aumento da credibilidade da empresa ao prezar pela saúde e segurança de seus empregados; 
  • Aumento da motivação e, consequentemente, da produtividade nas empresas; 
  • Redução de acidentes por meio da análise de riscos prévia e conscientização do trabalhador; 
  • Diminuição dos prejuízos financeiros decorrentes de multas trabalhistas; 
  • Menores taxas de absenteísmo devido a problemas de saúde; 
  • Adequação à legislação brasileira, principalmente no que tange às Normas Regulamentadoras – NR’s. 

O que minha empresa precisa para garantir o sucesso da ISO 45001? 

Existem três fatores fundamentais que contribuem, significativamente, para o sucesso da ISO 45001 na sua empresa. São eles: 

  1. Engajamento e participação efetiva dos funcionários no processo de discussão e tomada de decisão quando o assunto é saúde e segurança no trabalho. 
  2. Liderança comprometida com a execução da norma, e disposta a escutar ativamente os funcionários. 
  3. Integração e monitoramento das diferentes partes e sistemas de gestão de saúde e segurança do trabalho na empresa. 

ISO 45001 x OHSAS 18001 

Você sabia que, antes da ISO 45001 ser criada, era a norma OHSAS 18001 que regulava as questões de gestão de segurança e saúde ocupacional? Pois é! A verdade é que as duas normas possuem o mesmo objetivo: otimizar o processo de gestão de saúde e segurança e diminuir a taxa de acidentes, doenças e lesões ocupacionais.  

Contudo, uma das principais diferenças entre a antiga norma e a ISO 45001 é justamente o fato de que a nova norma possui um foco maior no trabalhador, além de ter um envolvimento mais direto na gestão de segurança do trabalho.  Veja o que está estabelecido no item 5.4 da nova norma: 

 “A inclusão de todos os funcionários na discussão sobre segurança é um fator central de sucesso para sua implementação”.  

Em outras palavras, o colaborador deverá ser capaz de se enxergar como protagonista deste sistema de gestão. 

Como certificar minha empresa com a ISO 45001? 

Antes de tudo, é preciso saber que a ISO apenas desenvolve as Normas Internacionais, não emitindo certificados. Para que você possa certificar sua empresa, é preciso procurar algum órgão externo de certificação. Veja algumas dicas para poder escolher bem onde realizar sua certificação: 

  • Faça uma pesquisa completa e análise vários órgãos de certificação antes de fechar o acordo. 
  • Observe se a organização que você escolheu utiliza o padrão estabelecido pelo Comitê de Avaliação de Conformidade da ISO (CASCO) – um comitê que estabelece as normas do processo de certificação. 
  • É bom verificar se o organismo é credenciado, ou seja, se ele tem o reconhecimento formal, feito por algum órgão de credenciação, de que ele opera de acordo com os padrões internacionais. Vale lembrar que, caso ele não seja credenciado, o certificado continua sendo válido, mas que o credenciamento fornece uma confirmação da regularidade e qualidade daquele órgão. Para encontrar um organismo de certificação credenciado, visite o Fórum Internacional de Credenciamento. No Brasil, o responsável pelo credenciamento de Organismos de Avaliação da Conformidade – OAC, é o Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial). 

Qual a forma correta para exibir o meu certificado? 

Bem, após garantir a certificação, existe uma forma correta de registrar e exibir seu certificado ISO 45001.  Veja o exemplo logo abaixo: 

Errado – Certificado ISO ou Certificação ISO. 

Correto – Certificado ISO 45001: 2018 ou Certificação ISO 45001: 2018 

Qual o prazo limite de migração da OHSAS 18001 para a ISO 45001? 

Após publicada em janeiro de 2018, as empresas teriam um prazo máximo de 3 anos para migrar na norma OHSAS 18001 para a norma ISO 45001. No entanto, devido a pandemia da Covid-19 no ano de 2020, o Fórum Internacional de Credenciamento (IAF – do inglês, International Accreditation Forum) prorrogou o prazo para até o dia 30 de setembro de 2021. Se você ainda não providenciou a mudança, é muito importante fazer a migração o quanto antes, pois a OHSAS 18001 não será mais válida após essa data!  

Como mostrar aos funcionários a importância do papel deles na execução da ISO 45001? 

Sabemos que adaptações a novas regras e procedimentos podem ser um grande desafio, tanto para a empresa, quanto para os funcionários. Pensando nisso, a Weex criou um conteúdo especialmente direcionado para a implantação da ISO 45001 na sua empresa. Abordamos, de forma dinâmica e interativa, a nova regulamentação e suas implicações – além de destacar o papel primordial que os funcionários têm no sucesso da execução dessa norma.

Gostou desse artigo?

Nos ajude a espalhar conteúdo de qualidade com seus amigos e colegas!

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram

Quer receber conteúdos exclusivos como este no seu e-mail?

Assine nossa Newsletter!

Confira os últimos artigos públicados!